• Par-1008-espetaculo-by-Giandomenico-Tono-Bolívia-1999.jpg
  • 20140830-Parada-UNICAMP_56.jpg
  • Par-0367-espetaculo-EUA-Califórnia-Blue-Lake-2000jul15.jpg
  • 20140830-Parada-UNICAMP_50.jpg
  • Parada-de-Rua-por-Giandomenico-Tono-(2).jpg
  • Parada-de-Rua-por-Giandomenico-Tono.jpg
  • Parada-2---Adalberto-Lima-275.jpg
  • 20140830-Parada-UNICAMP_52.jpg

Espetáculo fora de cartaz.

O LUME tem algo de mestres como Mozart ou Shakespeare: a capacidade de nos pegar de surpresa mesmo quando preenche uma forma que pensávamos conhecer” 

(Marcello Castillho Avellar, Blog do 3º Ruínas Circulares, MG, 2011)

SINOPSE

Espetáculo cênico-musical em forma de cortejo, que busca a teatralização de espaços não-convencionais (aqueles onde o teatro comumente não chega). 

Uma estranha sensação de absurdo se estabelece quando a Parada irrompe o espaço e faz suas intervenções poéticas, rompendo momentaneamente os automatismos das relações e as convenções do local.

Uma procissão de fanáticos, uma banda militar, um grupo de ciganos, ou simplesmente atores-músicos que tocam e cantam melodias tradicionais brasileiras e outras coletadas de diversas culturas do mundo.

Estruturada como um alegre ritual, a Parada de Rua interage livremente com as pessoas do público, provocando e divertindo ao mesmo tempo.

Desde sua estreia, em 1998, esse espetáculo foi apresentado em inúmeras cidades do Brasil e pelo mundo, passando por Bolívia, México, Estados Unidos, França, Itália, Dinamarca, Noruega, Israel e Egito. 


FICHA TÉCNICA

Atuação: Ana Cristina Colla, Carlos Simioni, Jesser de Souza, Naomi Silman, Renato Ferracini, Raquel Scotti Hirson e Ricardo Puccetti 

Concepção: Kai Bredholt e LUME Teatro

Direção: Kai Bredholt 

Coordenação técnica: Francisco Barganian

Design gráfico: Arthur Amaral

Registro audiovisual: Alessandro Soave

Direção de produção: Cynthia Margareth 

Assessoria de comunicação: Marina Franco  

Realização: Lume Teatro