• Escocia_foto-Sandra-Franco-02.jpg
  • Escocia_foto-Sandra-Franco-01.jpg
  • 20161115-estreia-Cabare-Efemero_foto-Mariana-Rotili_02.jpg
  • 20170305-Cabare-Efemero-Joao-Pessoa_fotos-Thercles-Silva_038.jpg
  • 20170305-Cabare-Efemero-Joao-Pessoa_fotos-Thercles-Silva_045.jpg
  • Cabare-Efemero_fotos-Karen-Mezza_1.jpg
  • 20170305-Cabare-Efemero-Joao-Pessoa_fotos-Thercles-Silva_09.jpg
  • 20170305-Cabare-Efemero-Joao-Pessoa_fotos-Thercles-Silva_03.jpg
  • 20170305-Cabare-Efemero-Joao-Pessoa_fotos-Thercles-Silva_028.jpg
  • cabar-efmero_32815046921_o.jpg

fotos: Sandra Franco (1/2), Mariana Rotili (cabeçalho/foto título/3), Thercles Silva (4/5/7/8/9), Karen Mezza (6/10). 

FOTOS EM ALTA - clique aqui para baixar


“...90 minutos de uma inspirada improvisação de comédia física... É audacioso, é tocante, é imensamente engenhoso... (uma) brilhante marca estabelecida por Puccetti... dentro de um mundo onde a vulnerabilidade humana, de algum modo, deixa de ser uma fraqueza e se torna o que é comum entre a humanidade, o cômico e a alegria.”

(Joyce McMillan, The Scotsman, 2018 - Escócia)

*clique aqui para ler a crítica na íntegra

SINOPSE

Após experiência de 30 anos como palhaço, Ricardo Puccetti resolveu se colocar no desafio absoluto de criar, com o público, um espetáculo totalmente baseado na livre improvisação. 

O palhaço, com seu corpo que brinca e sua mente ao avesso, é como uma panela cheia de pipocas. Seus impulsos vivos e pulsantes explodem para todos os lados e, junto com seus aliados – o público, ele dá forma a seu universo lúdico no aqui e agora.

Em um ambiente cheio de objetos, idéias e provocações, o palhaço Teotônio (Ricardo Puccetti) improvisa e se coloca em risco, trazendo a platéia para o seu mundo caótico e improvável. As dramaturgias vão se materializando a partir do encontro palhaço/objeto/público, sonorização e iluminação feitas no momento, e das relações e situações inusitadas que nascem desse diálogo.

Cabaré Efêmero é o ofício do palhaço radicalizado à sua potência máxima: o humano que brota do diálogo vida a vida, a comunhão do riso e do estar juntos como o território a ser buscado.

Ministério da Bobagem adverte: “este não é um espetáculo convencional, e tudo pode acontecer, inclusive nada!”



FICHA TÉCNICA

Criação e Atuação: Ricardo Puccetti 

Ambientação Sonora: Naomi Silman 

Desenho de Luz: Francisco Barganian 

Técnicos responsáveis: Dani Salvi, Eduardo Albergaria e Francisco Barganian

Registro Audiovisual: Alessandro Poeta Soave 

Design Gráfico: Arthur Amaral 

Apoio Administrativo: Giselle Bastos

Realização: Lume Teatro

Duração: 60 minutos (em média)
Indicação Etária: 12 anos

Anexos

Condições Técnicas: cabare-efemero_condicoes-tecnicas-lume-2019.pdf