• Kavka espetaculo by Adalberto Lima-Cps-2007-05-06 300dpi (31).jpg
  • Kavka espetaculo by Adalberto Lima-Cps-2007-05-06 300dpi (82).jpg
  • Kavka espetaculo by Adalberto Lima-Cps-2007-05-06 300dpi (74).jpg
  • Kavka espetaculo by Adalberto Lima-Cps-2007-05-06 300dpi (67).jpg
  • Kavka espetaculo by Adalberto Lima-Cps-2007-05-06 300dpi (38).jpg
  • Kavka espetaculo by Adalberto Lima-Cps-2007-05-06 300dpi (69).jpg
  • Kavka espetaculo by Adalberto Lima-Cps-2007-05-06 300dpi (59).jpg

SINOPSE

Uma noite imaginária na vida de Franz Kafka na qual o escritor, morrendo de tuberculose em seu quarto-cela, se dedica uma vez mais à sua grande obsessão: a escrita. Solitário e desconectado do cotidiano que o cerca, ele mergulha em seu mundo interior onde vive entre as palavras. Sabendo que está próximo do fim de sua vida, re-visita partes de sua obra, reencontra algumas de suas personagens e histórias de sua vida, além de insistir em escrever um último conto. Esta tensão entre o mundo interior do homem e o mundo material que o cerca cria um fio tênue em cima do qual, suspenso, o personagem Kafka anda. Neste tempo-espaço uma porta se abre e vislumbramos o homem no seu mais íntimo e intenso momento de criação, aquele instante de alquimia em que, "com uma abertura tão completa do corpo e da alma", se revela algo que diz respeito à condição humana - a eterna busca para entender o sentido das coisas e da existência. Uma condição que para Kafka se resumia no incômodo de “não se sentir à vontade na própria pele”, a identidade fragmentada se chocando com o mundo ao redor e a sensação de ser encurralado frente à sociedade contemporânea.

Numa mistura de situações trágico-patéticas e de humor negro, o espetáculo mostra uma trama construída de fragmentos de textos de Kafka e também do próprio ator, além de uma rica linguagem visual onde partes da obra do escritor se traduzem em imagens teatrais.

“Kavka – Agarrado num traço a lápis” foi montado com o financiamento do FICC – Fundo de investimento à Cultura da Prefeitura Municipal de Campinas e pelo PAC – Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo.



FICHA TÉCNICA

Criação e dramaturgia: Ricardo Puccetti e Naomi Silman

Inspirado em fragmentos de textos de Franz Kafka e Ricardo Puccetti

Atuação: Ricardo Puccetti

Direção: Naomi Silman

Cenografia: Maxim Bucharetchi

Desenho de luz: Eduardo Albergaria

Figurino e acessórios: Juliana Pfeifer

Música original: Uri Frost

Clarinete: Harold Rubin

Música incidental: MAMBOS de Yma Sumac

Projeção em Super-8: Julia Zakia (Gato do Parque)

Instrutor de mágica: Ricardo Harada

Cenotécnicos: Marcos Pinto (Marcuti), Mauro Teófilo de Rezende, Ramos

Confecção de figurino: Sanny Rigor

Coordenação técnica: Francisco Barganian

Apoio administrativo: Giselle Bastos

Registro audiovisual: Alessandro Soave

Design gráfico: Arthur Amaral

Assessoria de comunicação: Marina Franco

Coordenação de produção: Cynthia Margareth 

Produção Executiva: Juliana Kaneto

Realização: Lume Teatro